China vai importar culturas modificadas de milho

Quem resiste a um saboroso milho?
A China aprovou duas novas culturas geneticamente modificadas (GMO) para importação, disse o ministério da Agricultura do país, no segundo movimento do tipo desde o mês passado para expandir o acesso a sementes de biotecnologia em meio às negociações comerciais com os Estados Unidos, seu principal fornecedor de produtos agrícolas. As duas novas culturas, aprovadas em 16 de julho por um período de três anos, são o milho resistente a insetos da Syngenta 5307, vendido sob a marca de Agrisure Duracade, e o milho resistente a glifosato da Monsanto 87427, comercializado sob o nome de Roundup Ready, disse o governo chinês nesta segunda-feira.

O anúncio eleva para quatro o total de aprovações de GMOs pela China desde o mês passado, quando o governo local já havia liberado sementes de milho da Dow Chemical e de soja da Monsanto. Apesar disso, ainda há quatro outros produtos de Monsanto, Dupont e Dow aguardando a aprovação de Pequim.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário