Em 2020, apesar da pandemia, o agro garantiu o essencial

Coluna Evaristo

• Em um ano tão perturbado pela pandemia, o agro brasileiro conseguiu garantir alimento a bilhões de pessoas, do país e do exterior, além de produzir materiais fundamentais para cuidados pessoais básicos e para o atendimento hospitalar.

• Graças ao alto grau de tecnologia e inovação, o agronegócio assegurou o abastecimento da população urbana, em todo o Brasil, em plena crise do coronavírus. Houve casos iniciais de falta de produtos em supermercados e varejões, devido à corrida de consumidores para garantir a estocagem domiciliar. E houve necessidade de controlar o aumento de preços, devido à alta do dólar, ao grande volume de exportações e alguma especulação com estoques.

• O álcool-gel e o álcool 70 viraram itens de primeira necessidade e a produção das usinas de cana-de-açúcar foi rapidamente redirecionada para atender à enorme demanda. A celulose e a celulose solúvel, produzidas a partir de florestas plantadas, serviram como matéria-prima para máscaras cirúrgicas, vestimentas descartáveis, colchões, lençóis de papel e outros itens de proteção individual para médicos e pacientes.

• Veja como as usinas brasileiras reagiram para atender à repentina demanda por álcool-gel e álcool 70, no link https://moneyinvest.com.br/usinas-firmam-parcerias-para-distribuicao-de-alcool-70/

• E conheça as ações do setor florestal para garantir produtos essenciais aos profissionais de saúde, no link https://blogs.canalrural.com.br/florestasa/2020/03/25/em-meio-a-pandemia-do-coronavirus-setor-florestal-mantem-atividades/

• Os produtores de algumas cadeias curtas tiveram problemas com o fechamento repentino de bares, restaurantes, hotéis e com a proibição de eventos. A produção de flores, hortaliças, cogumelos e até frutas sofreu impactos consideráveis no início, mas conseguiu se readequar e enfrentar a crise.

• Confira o desempenho econômico do agro no link https://news.quimiweb.com/agro-tem-saldo-comercial-e-exportacoes-recordes-em-2020-9011.html. E veja também os postos de trabalho abertos pelo agro durante a pandemia no link https://portal.datagro.com/pt/agribusiness/12/278391/agro-lidera-criacao-de-empregos-em-2020

• O ano de 2021 já anuncia novas oportunidades. A China está profissionalizando a sua criação de suínos, após enfrentar grandes perdas devido a infestações da Peste Suína Africana (PSA) nos criadouros domésticos (milhões de animais foram abatidos devido à doença, desde 2018). Pelo menos 120 fazendas-modelo estão previstas e devem começar a operar em curto prazo.

• Saiba mais sobre os planos da China para a criação de suínos no país no link (em inglês) https://news.yahoo.com/china-unveils-plan-boost-pork-production-102057671.html

• Outras oportunidades estão delineadas e serão aproveitadas, se o agro seguir seu curso sem novos obstáculos. A virada do ano é um momento de volta ao essencial, de repensar o significado de nossas origens e semear paz na Terra. Paz na Terra pelos homens de boa vontade!

Compartilhar

Deixe seu comentário