ASBIA apresenta resultados do mercado de inseminação em 2016

O grande revés da economia brasileira inviabilizou a saída de um grande volume de palhetas de sêmen das centrais de genética. Quem constatou a tendência de queda na comercialização do material genético em 2016 foi Sérgio Saud, presidente eleito na Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), em entrevista.

Sobre os números oficiais do ano passado, divulgados nesta quarta-feira (05), e as estimativas para este ano no setor, a apresentadora Daiany Andrade conversa com o presidente da ASBIA, Sérgio Saud. Acompanhe.

Compartilhar

Deixe seu comentário