Prisão da diretora financeira da Huawei afeta mercado

A China exigiu a libertação imediata da diretora financeira da Huawei, a segunda maior fabricante de smartphones do mundo. A diretora foi presa no Canadá, a pedido da justiça americana. O caso afetou os mercados e ameaça a frágil trégua comercial anunciada pelas duas maiores economias do mundo. 

Compartilhar

Deixe seu comentário