China fará vistoria por videoconferência em frigoríficos

Por causa da peste suína africana que atingiu o rebanho da China, os preços das carnes no país já subiram 30%. De acordo com o Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China, a falta de fornecimento do produto deve se intensificar nos próximos meses. Para liberar a importação de mais frigoríficos brasileiros, o gigante asiático vai recorrer à inspeção por videoconferência.

Acompanhe os detalhes na reportagem!

Compartilhar

Deixe seu comentário